Artigo

Apostas em cavalos: popularidade fora do Brasil

Ganhando espaço entre apostadores brasileiros, o Turfe – popularmente conhecido como “corrida de cavalos” -, é um esporte tradicional de que se há registro desde a Grécia Antiga e que tem popularidade consolidada entre diversos países, com destaque para Reino Unido, Irlanda e Estados Unidos.

 

Além das tradicionais apostas realizadas nos locais de eventos, é possível apostar online em corridas de cavalos através de diversos sites e serviços que, em sua maioria, oferecem transmissões ao vivo de cada um dos eventos, desde a preparação até a corrida em si.

 

Apostas em Cavalos nos Estados Unidos

Assim como em outros países de tradição no Turfe, diversos hipódromos fazem suas corridas diariamente. São vários páreos com diferentes cavalos e jóqueis habilidosos que correm por uma premiação que chega a alguns milhões.

Nos Estados Unidos, por exemplo, existem três corridas clássicas que formam a “Tríplice Coroa”. Os eventos são o Kentucky Derby, Preakness Stakes e Belmont Stakes. O prêmio que dá nome ao circuito – que ocorre entre maio e o início de junho – é dado ao cavalo puro-sangue com menos de três anos que vencer os três eventos.

Grandes Derbies como esses, movimentam alguns milhões não só em premiação mas também nas casas de aposta em todo o mundo. Fora isso, páreos diários nos diferentes Jockeys Clubes tem uma forte movimentação tanto no mercado de apostas tradicional, como no mercado de apostas Exchange.

 

Apostas em cavalos no Reino Unido

Se nos Estados Unidos o mercado de apostas em cavalos movimenta muito dinheiro, no Reino Unido, onde as apostas são totalmente legalizadas e é possível encontrar casas de aposta em quase todo território britânico, a movimentação envolve cifras talvez incalculáveis.

Para se ter uma ideia, um dos principais eventos, “The Derby”, a ser disputado no dia 03 de junho em Epsom, já movimenta mais de 200 mil dólares em apostas correspondidas na Betfair. Estamos falando apenas de uma casa de apostas, se imaginarmos que a mesma quantia já foi aplicada em outros sportbooks, a cifra passa dos milhões de dólares sem dificuldades.

 

Austrália e apostas em cavalos

Um país que talvez não seja considerado tão tradicional no turfe, mas que movimenta bastante o mercado é a Austrália, assim como sua vizinha Nova Zelândia. O fuso horário é o grande amigo dos apostadores assíduos do Ocidente, uma vez que enquanto os campeões dormem do “lado de cá”, várias corridas acontecem com intervalo de minutos nos países da Oceania.

 

Outros países da América do Sul

Tentando resgatar a tradição no esporte, o Brasil já movimenta cerca de 1 bilhão de reais por ano com as corridas – no caso de premiações nos páreos e afins. Mas um de nossos vizinhos também possui grande destaque no turfe, a Argentina.

Não à toa, um dos principais jóqueis brasileiros mudou de foco na carreira e seguiu para o país dos “Hermanos” a fim de conquistar melhores premiações e chegar ao recorde de mais de 12 mil vitórias em corridas de cavalo.

Com tanto “glamour” envolvido, não é à toa que o turfe volta a ganhar admiradores no Brasil, que aos poucos devem se familiarizar com as apostas no esporte e movimentar um mercado de exceção, já que, fora do Turfe, qualquer tipo de aposta em eventos esportivos é proibido, a não ser aqueles regulamentados por um órgão governamental.

1117 visualizações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *